≡ 9 lugares brasileiros reconhecidos pela UNESCO para nos orgulhar ➤ Brain Berries

9 lugares brasileiros reconhecidos pela UNESCO para nos orgulhar

Advertisements

Que o Brasil é um país lindo todo mundo sabe, mas você sabia que temos mais de 20 locais registrados na Unesco que são considerados heranças mundiais? Por isso, neste texto vamos descobrir um pouco mais sobre alguns deles e entender porque são tão especiais e dignos de orgulho.

1. Centro Histórico de Salvador – Bahia

Salvador foi a primeira capital e centro econômico do país, sendo assim digna de construções ricas durante o período colonial. Dividido entre a Cidade Baixa e Cidade Alta, o centro histórico de Salvador foi transformado em um local de herança cultural em 1985. Talvez você já tenha visto pessoalmente ou em fotos: a arquitetura do local é composta por casas cheias de cores vibrantes, e traços barrocos.

2. Parque Nacional da Serra da Capivara – Piauí

Considerada uma herança cultural brasileira desde 1991, a Serra da Capivara tem valor universal por conta das pinturas rupestres que foram encontradas em suas cavernas. Algumas delas têm mais de 25.000 anos, e são consideradas provas das comunidades mais antigas da América do Sul. O Parque, em si, é um local de conservação que também apresenta outros atrativos, como um museu a céu aberto, fauna e flora.

3. Cidade Histórica de Ouro Preto – Minas Gerais

Fundada em 1691 e denominada patrimônio cultural em 1980, a cidade de Ouro Preto tem uma arquitetura impressionante, além de ter tido um papel histórico no período colonial. Palco da Inconfidência Mineira e da mineração de grande parte do ouro que existia no Brasil, Ouro Preto conta com uma intensa influência católica, representada principalmente na arquitetura de seus prédios, adornados com ouro, pinturas no teto e esculturas em pedra.

4. Ruínas de São Miguel das Missões – Rio Grande do Sul

Este sítio arqueológico não é muito conhecido pelos brasileiros, mas teve grande papel na construção de nossa nacionalidade durante o período colonial. Nesse local, padres jesuítas evangelizavam e doutrinavam os indígenas nativos, ensinando os hábitos europeus.

5. Centro histórico de Olinda – Recife

Incluído na lista da Unesco em 1982, o centro histórico de Olinda é palco não só de um carnaval rico em tradições culturais, como também de uma arquitetura fascinante, que mistura os séculos 16, 18, 19 e 20. Porém, o que mais se destaca na cidade é a natureza e o oceano deslumbrantes.

6. Parque Nacional de Iguaçu – Paraná

Um patrimônio natural do Brasil, o parque de Iguaçu é destino certo para quem quer conhecer as belezas que a terra tupiniquim tem para oferecer. A sua fauna e flora são os principais atrativos para os turistas, e as cataratas e formações rochosas impressionantes são resultado de atividades vulcânicas que ocorreram há aproximadamente 500 milhões de anos atrás. Incrível, né? O Parque Nacional foi adicionado à lista da Unesco em 1986.

7. Brasília

Inaugurada em 1960 no centro do país com o principal propósito de ser a nossa capital, Brasília é única no quesito planejamento. Ela foi fruto do trabalho de Lucio Costa e Oscar Niemeyer e tem um desenho modernista e urbanista, com suas formas geométricas e simétricas. Em 1987, Brasília foi adicionada à lista de patrimônios culturais da Unesco.

8. Sítio Arqueológico Cais do Valongo – Rio de Janeiro

Adicionado à lista da Unesco recentemente, em 2017, o Sítio Arqueológico Cais do Valongo foi considerado pelo órgão como um lugar de memória sensível. Isso porque nesse local desembarcaram centenas de milhares de pessoas escravizadas, que passaram por muita dor e sofrimento. O sítio foi incluído não somente para relembrar a violência contra a humanidade, como também para reconhecer toda a contribuição do povo Africano no desenvolvimento do país.

9. Área de Conservação do Pantanal – Mato Grosso

Para muitos brasileiros, o Pantanal não é um lugar atraente – não há praias, monumentos ou lugares para fazer festa. Mas o que esquecemos é que essa área de conservação fervilha com biodiversidade. Em 2000, a Unesco decidiu aceitar esse fato e adicionou o Pantanal à sua lista de heranças naturais. São 210 mil km² de terras úmidas com espécies raras, tanto de animais quanto de plantas.

Loading...