Por que todos os assistentes virtuais estão usando vozes femininas?

Advertisements

A maioria de nós usa assistentes virtuais em iPhones, navegadores GPS e outras coisas que falam quase todos os dias. Perguntamos como será o tempo, que horas são, o que é 4×4, instruções de direção e assim por diante. Mas nunca nos perguntamos por que a grande maioria das respostas que recebemos é dita em uma voz feminina.

Alguns cientistas argumentam que encontrar uma voz feminina de que todos gostem é muito mais fácil do que modular uma voz masculina. Isso está associada à voz das mães, de modo que a maioria das pessoas tende a responder positivamente a ela.

Os antecessores dos assistentes virtuais, como telefonistas e secretárias, eram principalmente mulheres. Nos anos 40, os pilotos da força aérea americana “carinhosamente” chamaram o sistema de alerta de aeronaves de “Bitching Betty” pela entonação peculiar de uma voz mecanizada. No final do século 20, quando os sistemas de voz passaram de aeronaves para carros, os fabricantes começaram a receber reclamações sobre o navegador GPS integrado falando em uma voz feminina. Eles não queriam “ouvir uma mulher”, dizendo a eles o que fazer. Além disso, essas queixas vieram de homens revoltados, obviamente.

Os sistemas automáticos de alarme por voz e os robôs falantes são todos projetados e criados por seres humanos, o que significa que suas inclinações e preconceitos sociais foram diretamente para o processo de desenvolvimento. Psicologicamente falando, uma pessoa é simplesmente mais sensível a vozes femininas. Um estudo publicado em 2014 diz que, no pré-natal, o feto responde às vozes de ambos os pais, e o recém-nascido já prefere a voz da mãe e não a do pai. Outro estudo realizado em 2010 descobriu que os homens preferem ouvir uma voz feminina, mesmo que não gostem de admitir. As mulheres, por outro lado, também preferem uma voz feminina, por isso é uma vitória de ambos os lados!

Hoje ouvimos vozes automáticas em todos os lugares, desde nossos fones de ouvido e laptops até nossas casas e até geladeiras inteligentes. Basicamente, se tiver um alto-falante, há uma maneira de fazê-lo falar com uma voz feminina suave e relaxante.

Olha Karen Jacobs e n, por exemplo. Ela é famosa por emprestar sua linda voz de “Karen australiana”. Ela ainda tem seu site pessoal e uma página Wiki.

A voz de Carolyn Hopkins notifica os passageiros nas estações de trem e no aeroporto de Nova York. O que as pessoas fariam sem as instruções dela?

Aqueles de vocês que possuem um dispositivo Windows provavelmente já ouviram falar da Cortana. Pessoalmente, nunca precisei da ajuda dela, mas é bom saber que podemos confiar nela. Ah, e ela fala na voz de Jen Taylor.

Susan Bennett é sem dúvida a voz mais famosa do mundo. Sim, essa é SIRI – sua assistente virtual, desenvolvida pela Apple. Todos os dias, ela ajuda milhões de proprietários de iPhone e iPad a encontrar o supermercado mais próximo.

Os engenheiros modularam uma infinidade de vozes masculinas, femininas e até neutras em gênero para todos os tipos de dispositivos e serviços on-line, mas parece que nada superará uma pessoa de verdade falando. Pelo menos não por enquanto. Mais algum isolamento como esse e a sociedade começará a desmoronar, procurando alguém com quem conversar. E a Inteligência Artificial sempre estará lá para ouvir nossas chatices.



Loading...