19 fatos quase inacreditáveis sobre a Via Láctea

Advertisements

Nós vivemos em uma galáxia chamada Via Láctea, mas quase não conseguimos ver nada dela. Para ter uma ideia melhor do seu tamanho, precisamos olhá-la de lado. É por isso que temos apenas um pequeno pedaço do todo disponível para observarmos. Mas mesmo essa pequena quantidade de informações que conseguimos reunir até agora é simplesmente surpreendente.

Aqui estão 19 dos principais fatos quase inacreditáveis sobre a Via Láctea.

1. A Via Láctea tem cerca de 120.000 anos-luz de diâmetro, com um espessamento no centro. Mas sua forma está longe de ser perfeitamente plana e parece levemente “distorcida”.

2. Segundo os cientistas, existem cerca de 200 bilhões de estrelas na Via Láctea. Para comparação, a maior galáxia conhecida, a IC 1101, tem mais de 100 trilhões de estrelas, ou seja, 500 vezes mais.

3. Na mitologia grega, a Via Láctea foi criada quando Hera derramou leite enquanto amamentava Hércules.

4. A Via Láctea tem quatro braços espirais contendo a maioria das estrelas. Todas as criaturas conhecidas ficam perto do centro do braço de Perseu.

5. No centro da galáxia há um buraco negro supermassivo que é milhões de vezes maior que o nosso Sol. A Terra está a cerca de 27.000 anos-luz de distância dessa maravilha cósmica.

6. Embora o sistema solar se mova a uma velocidade média de 828.812 km/h, ainda serão necessários cerca de 230 milhões de anos para ele orbitar toda a Via Láctea.

7. Os astrônomos acreditam que as estrelas, planetas, asteróides e poeira que vemos representam apenas um décimo da massa total de nossa galáxia. Os 90% restantes são a chamada matéria escura.

8. Estima-se que sete novas estrelas se formem na Via Láctea a cada ano. Elas se forma a partir de gases e da poeira estelar, que, por sua vez, são os remanescentes da explosão de outras.

9. A colisão das galáxias Via Láctea e Andrômeda é inevitável. A boa notícia é que levará cerca de 4,5 bilhões de anos. E como a densidade de estrelas nessas galáxias é bastante baixa, é provável que elas simplesmente passem uma pela outra sem maiores efeitos.

10. Essas duas galáxias fazem parte de um grupo de mais de 54 galáxias chamado Grupo Local. A maior galáxia é Andrômeda, a Via Láctea é a número dois e a galáxia Triangulum está em terceiro lugar.

11. Todas as estrelas da nossa galáxia representam apenas cerca de 3% de sua massa.

12. Apesar dos bilhões de estrelas que existem, você pode ver apenas 2.500 delas usando um telescópio comum.

13. Nosso planeta está no centro da zona habitável de nossa galáxia. Quanto mais próximo do centro galáctico chegarmos, mais forte será a radiação cósmica.

14. Devido à sua enorme massa, nossa galáxia geralmente atrai estrelas de outros aglomerados menores.

15. Os cientistas estimam que nosso universo existe há pouco menos de 14 bilhões de anos. Nesse caso, a idade da Via Láctea é estimada em 13,5-13,6 bilhões de anos, quase a mesma idade do universo.

16. A Via Láctea nem sempre teve a bela forma espiral curva que tem hoje. Ela teve que absorver inúmeras outras galáxias para chegar à essa forma.

17. Assim como os planetas têm satélites, a Via Láctea também tem. Estes são aglomerados de estrelas relativamente pequenos (segundo os padrões cósmicos).

18. A Via Láctea e Andrômeda estão indo uma em direção à outra à uma velocidade de 140 km por segundo.

19. O aglomerado globular de Omega Centauri costumava ser uma galáxia anã, mas a maioria de suas estrelas já foi absorvida pela Via Láctea.



Loading...